Perto de Você – Asa Norte. Brasília-DF

Bolinha Vermelha nas pálpebras – saiba tudo sobre Terçol

Você já teve aquela bolinha vermelha nas pálpebras, ao redor do olho, que incomoda pra caramba? Aquela bolinha é chamada de Terçol e no artigo de hoje vou te contar tudo sobre ele.

Eu me chamo Anderson Braz, sou oftalmologista e criei essa página pra te trazer informação de qualidade, sem enrolação, sobre a oftalmologia. 

E aí, você sabe mesmo o que é o Terçol? Continue lendo para descobrir.

Você pode assistir o vídeo abaixo sobre esse tema:

O que é o Terçol

O terçol, como é popularmente conhecido, também é chamado de HORDÉOLO.

Nada mais é do que uma glândula que naturalmente produz secreção e gordura para nossa lágrima. Mas, por algum motivo, essa glândula acaba entupindo e acumulando mais secreção e sujeiras, podendo uma bactéria se alojar nessa secreção, inflamando aquela glândula.

Essa secreção acaba esticando a pele e inflamando a região, e por isso que você sente dor, desconforto e ela fica vermelha.

Simplificando pra você, é como se fosse uma espinha, que temos na pele, só que o terçol é uma espinha que dá nas pálpebras.

Algumas crenças populares

Você pode estar se perguntando: 

  • Ah, dr. entendi. Mas como eu peguei isso? SERÁ QUE EU NEGUEI ALGUMA COISA PRA UMA GRÁVIDA?

É muito comum as pessoas acreditarem que estão com terçol no olho porque negaram algo pra grávida. 

Fique tranquilo porque isso nada mais é do que um dito, uma crença popular apenas, não tem nenhuma relação com você estar com essa pequena inflamação na pálpebra.

Na verdade não existe bem um motivo específico além do que eu falei acima. 

Eventualmente alguma glândula presente ali na região do olho pode entupir com poeira, com secreção e acabar desenvolvendo o aumento de tamanho na glândula.

Somado a isso, alguma bactéria pode vir a entrar em contato com essa glândula e iniciar aquela pequena inflamação. 

Não existe uma causa específica, alguma coisa que você fez.

Algumas pessoas têm a pele mais oleosa, outras têm mais suscetibilidade e outras têm a pele mais clara, podendo até desenvolver esses terçóis de repetição.

Justamente por ter a pele mais oleosa e por acumular mais secreção e gordura ali na pálpebra, existem pessoas que desenvolvem o terçol com mais frequência. 

Mas é só uma propensão, sem uma causa específica. Então qualquer pessoa pode ter terçol nos olhos.

  • O TERÇOL NÃO É TRANSMISSÍVEL

Importante falar que isso não é contagioso. 

Então não precisa ter medo de entrar em contato com alguém que esteja com terçol no olho ou de beijar, abraçar ou ter contato com o rosto de outra pessoa quando você estiver com esse hordéolo (terçol), porque essa inflamação não transmite pros outros.

Por ser uma glândula do olho que inflamou, esse não é um quadro contagioso, pode ficar sossegado!

Existe tratamento para terçol?

Sim, e é um tratamento bem simples. 

O melhor tratamento possível e o que dá mais efeito sequer envolve o uso de remédios, colírios e medicações em geral.

A melhor forma de tratar o terçol é a compressa morna. 

Isso mesmo, basta aquecer aqueles saquinhos de compressa que você compra facilmente por aí, até mesmo pela internet. 

E por que isso funciona melhor?

Porque o calor vai ajudar a deixar aquela gordura que a glândula produz e se solidificou, em uma forma mais líquida. 

Se você já teve terçol alguma vez deve ter percebido que essa bolinha fica durinha, né?

Aí é que entra a compressa morna, ela vai dissolver aquela gordura rígida e isso facilita o trabalho do nosso organismo pra absorver ou drenar e colocar pra fora aquela secreção.

Você pode fazer essa compressa quantas vezes quiser. 

Quanto mais fizer, mais fácil e rápido essa bolinha de gordura vai deixar de ficar sólida e o corpo vai, naturalmente, se livrar da inflamação.

Só tome muito cuidado com a temperatura. Essa compressa deve ser morna. 

Se fizer muito quente, você corre o risco de se queimar e vai prejudicar seu olho. 

Faça sempre que estiver morninho.

O Terçol só se trata com compressa?

Não. Um outro tratamento possível é feito com base em pomadas antibióticas e anti-inflamatórias. 

Você passa ali a pomada somente na parte externa da pálpebra e deixa ela agir.

Também é possível tratar com colírio. 

Existem colírios lubrificantes que ajudam nesse processo de tratamento do terçol, mantendo seu olho mais lubrificado e fazendo com que essa glândula inflamada tenha uma carga de trabalho menor, produzindo menos gordura.

Uma outra forma de tratar é com a higiene dos olhos. A melhor forma de higienizar é usando um shampoo neutro, que costumamos usar em bebês e crianças.

Basta pingar uma gota desse shampoo na palma da mão, diluir com água e limpar a região das pálpebras e os cílios. 

Aí é só fechar o olho e, com cuidado pra não machucar os olhos e evitando que essa água com shampoo entre em contato com o olho, limpar bem toda essa área. 

Viu só como é simples iniciar o tratamento desse terçol em casa? 

Invista na compressa e na higienização. Pode também usar o colírio lubrificante.

O importante mesmo, no fim das contas, é você tratar essa inflamação o mais rápido possível.

E o que acontece se eu não tratar?

Se você não iniciar esse tratamento e o seu organismo não conseguir eliminar essa gordura e a secreção acumulada ali, seu corpo vai entender que esse terçol é uma potencial infecção que pode se agravar.

A partir disso seu corpo começa a criar ali no terçol uma capa dura, gerando uma fibrose. E o que era um Hordéolo (o terçol) acaba virando um Calázio.

O Calázio é um pouco diferente do terçol porque ele não fica tão vermelho nem tão doloroso, e o processo de inflamação não fica tão forte. 

Mas quando vira um Calázio é muito mais difícil que essa secreção que está ali na pálpebra seja absorvida naturalmente pelo corpo. 

Então você fica com aquele caroço e nesses casos o único tratamento possível é a cirurgia.

Para tratar, você  precisa visitar o oftalmologista e agendar uma cirurgia pra abrir aquela bolinha, e extrair aquela gordura e a secreção que tem dentro dele.

E aí, gostou desse texto? Agora você já sabe o que é um terçol, como ele se forma e diversas formas simples de tratamento, que você já começa a fazer em casa mesmo!

Agora você também já sabe o perigo que corre se não tratar rápido o terçol.

Compartilhe esse texto com o maior número de pessoas possível e vamos desmistificar as causas do Hordéolo, o famoso terçol! 

Espero te encontrar por aqui no próximo texto.

Se inscreva também no meu canal do Youtube e me siga no Instagram, pra ficar sempre atualizado com dicas sobre saúde ocular.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Agende sua consulta aqui
Oftalmologista Asa Norte - Brasília - DF

Chegar no Consultório

É FÁCIL!

Veja no Mapa
Clínica Dr. Anderson Braz
SMHN Quadra 02 Ed. Cléo Octávio (por trás do HRAN, BL B Salas 909 e 910 - Asa Norte, Brasília - DF, 70710-146